segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Mofologia lexiacal x Morfologia flexional

MORFOLOGIA LEXICAL:
Derivação pela qual se conseguem novas unidades.
Ex.: saúde --> saudação
A maior parte das operaçoes derivacionais se faz pelo encontro de raízes, radicais e afixos, mas também por derivaçoes regressivas, em que os morfemas são subtrativos.
A morfologia lexical ainda se serve de um expediente chamado composição, que consiste em combinar raízes presas ou livres para obter novas palavras. --> aglutinam-se ou justapõem-se
...
MORFOLOGIA FLEXIONAL:
Flexão ou variação mórfica para indicar categorias gramáticais.
EX.: Boi --> Bois
Na morfologia flexional se encontram diversas categorias de morfemas:
1) Gênero: divide os nomes em classes, que são diferentes em diferentes línguas.
Sexo (masc, fem, neutro), Vitalidade (animado, inanimado), Configuração externa (redondos, finos, curtos, etc.)
2) Numero: indica quantificações ou enumerações. (singular e plural)
3) Caso: é uma maneira de assinalar morficamente a função sintática da palavra na sentença.
4) Tempo: marca o momento em que ocorre aquilo que o verbo expressa em relação ao momento em que se fala
5) Pessoa: indica a posição dos participantes no ato da fala (1ªp. , 2ªp. , 3ªp. )
6) Modo: expressa a atitude do falante em relação ao que ele vai dizer: certeza (indicativo), incerteza (subjuntivo), desejo (optativo), ordem (imperativo).
7) Aspecto: diz respeito à relação entre o evento e sua duração ou desenvolvimento.
8) Voz: categoria que expressa a relação entre o verbo e seus complementos. Ex.: voz passiva, voz ativa, reflexiva...

As diferenças entre elas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário