quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Comunicação animal e linguagem humana

Algumas questões se põem sobre esse assunto: Será que é a linguagem que diferencia o homem? Ou será que os animais possuem linguagem própria? Para tentar responder essas questões irei recorrer ao texto de BENVENISTE, In. PROBLEMAS DE LINGUISTICA GERAL I, no capitulo intitulado COMUNICAÇÃO ANIMAL E LINGUAGEM HUMANA.
Nesse texto, Benveniste sugere que as condições fundamentais de uma comunicação propriamente lingüística parecem faltar no mundo dos animais e, para justificar-se, descreve o código que as abelhas têm para anunciar o local que foi encontrado alimento, que foi explicado por Karl von Frish.

O CÓDIGO DAS ABELHAS
Após descobrir o local com alimento e pegar de seu néctar e pólen, uma abelha operária colhedora volta à colméia onde é rodeada por outras abelhas que pegam pólen de suas antenas ou o néctar vomitado por essa. Depois realiza diferentes tipos de dança (a qual pode ser considerada como o ato de comunicação) Há, nesse caso, dois tipos de dança:
- circular: consiste em traçar círculos horizontais da direita para a esquerda, depois da esquerda para a direita, sucessivamente;
- em forma de 8: acompanhada por uma vibração constante do abdômen, imita mais ou menos a figura de um oito.
Depois das danças, uma ou mais abelhas se dirigem ao local onde a primeira abelha havia encontrado alimento e voltam repetindo a dança à outras abelhas, e assim sucessivamente.

Mais tarde descobriu-se que a dança informa 3 dados sobre o alimento:
A EXISTÊNCIA DA FONTE DE ALIMENTO: dança;
DISTÂNCIA: em círculos anuncia que o alimento deve ser procurado em uma pequena distância, enquanto que a dança em oito significa que o alimento encontra-se mais longe;
DIREÇÃO: o eixo do “oito” em direção ao sol anuncia a direção.

DIFERENÇAS ENTRE O CODIGO DAS ABELHAS E A LINGUAGEM HUMANA
Essa descoberta prova que as abelhas possuem a capacidade de simbolizar, ou seja, representar um objeto que não esteja presente, capacidade essa que caracteriza a linguagem humana. Porém, alguns pontos são fundamentais para se afirmar que as abelhas ao possuem uma linguagem, mas sim um código.
• Não há dialogo na mensagem trocada, ou seja, não provoca nenhum tipo de resposta, apenas uma ação (a de ir até o local do alimento)
• Não há intervenção de um aparelho vocal
• A comunicação se refere a certo dado objetivo (alimento), ou seja, reproduz-se sempre a mesma informação
• A linguagem das abelhas não se deixa analisar, ou seja, ser dividida em partes menores e significativas, assim como acontece com a linguagem humana.
• As abelhas precisam estar uma em frente à outra para transmitir a mensagem, alem de precisar de luz (obstáculos que não estão presentes na linguagem humana).
• As abelhas não constroem uma mensagem a partir de outra mensagem, precisam ir ao local para só depois repassar a mensagem
Por essas razoes apresentadas, pode-se dizer wntão que as abelhas não possuem uma linguagem linguistica e sim um código!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário